Lista de remarketing: você sabe como melhorar? Primeiramente o que viria a ser remarketing? É uma ferramenta utilizada em Google Adwords para marcar e assim identificar usuários que viram o seu site e que, ao passarem a visitar outros sites parceiros do Google continuam a ver sua publicidade.

É como se você estivesse literalmente seguindo o lead por onde ele vá. O remarketing é muito utilizado no marketing para aumentar a lembrança da marca na mente do consumidor.

Remarketing é também uma estratégia de publicidade paga na qual você pode segmentar sua audiência baseada na intenção inferida (nós vamos dizer o que é isso mais adiante), priorizar suas ofertas de remarketing e alinhar suas ofertas.

Usando a intenção inferida para o segmentar sua lista de remarketing

O que uma pessoa digita ou fala no Google, é um sinal de intenção. Baseado no idioma utilizado, você pode com a razão inferir se a pessoa cairá em um funil ou não.

Isto te permite adaptar sua publicidade, landing pages e as ofertas para ganhar na intenção. A lista de remarketing trabalha de forma um pouco diferente.

Aqui não temos que ter uma frase específica ou um som exato para acionarmos a estratégia de remarketing.

As páginas visitadas por um prospect são, na sua maioria, indicadores onde se falha no funil de vendas.

Vamos dizer que um Visitante A está indo para uma página determinada. Ele lê nove blogs posts informativos e aparece para ele comprar um produto.

O Visitante B vai diretamente para a página do produto e passa 8 minutos checando o preço e mandar para o carrinho de compras.

Quem tem mais valor hoje?

O visitante B tem alto potencial de intenção, mas é claro que para chegar nesse potencial é necessário construir um público alvo primeiro.

Transformando intenção inferida na estratégia de remarketing

Como adquirir uma lista de remarketing boa, você sabe? Não vamos colocar a carroça na frente dos bois aqui. Para fazer com que as coisas fluam um requisito é checar os tracking codes em cada página do seu site. Use Google Tag manager.

Uma vez que isso foi feito siga para o admin>definição de audiência> audiências e clique importar na galeria.

E escolha <pacote de engajamento> o centro da lista de remarketing que proporciona que você tenha acesso a audiências de remarketing já feitas.

Depois você escolherá condições e dará entrada na respectiva URL. Uma vez que você construiu sua audiência para as suas páginas permita que sua lista cresça.

Mapeando sua audiência de remarketing baseado em intenção.

Agora que você tem sua audiência pronta, é hora de determinar como elas se relacionam uma com a outra e mais importante, que tipo de valor elas têm.

Primeiro faça sua lista de remarketing. Agora pegue sua lista de remarketing e arrume-a de acordo com o valor que ela tem.

Do menor para o maior é que você deve organizar. Isso te permite organizar pela proximidade com as compras assim:

Lista de remarketing para todos os visitantes

Fortalecer sua marca é importante nos dias de hoje. Principalmente se for para convencer o cliente a fazer sua primeira compra, mostrar alguma presença, aumentar a confiança no seu site e ainda manter a share of mind da sua marca.

Por isso fazer uma lista de remarketing é superimportante para a companhia que tem foco em branding.

Segmente todos os usuários do site

Para fazer um remarketing de forma fácil você tem que alcançar os usuários do seu site e de um possível aplicativo que sua empresa tenha.

Nesse caso, você pode utilizar as listas de remarketing otimizadas do Google Adwords para o seu site ou para seu aplicativo. E isso traçará origem de público com bom desempenho.

Segmente públicos afins

Ao você criar uma campanha ou ainda editar as segmentações, você poderá utilizar a lista de remarketing para segregar públicos afins (semelhantes).

Públicos afins (semelhantes) são aqueles baseados em lista de remarketing ou dados próprios. Eles têm o condão de ampliar o alcance do público que você escolheu.

Reconquistar visitantes

Quando uma pessoa inicia um processo de compras e abandona o carrinho no meio do processo, isso é muito ruim. Entretanto há uma forma de reconquistar esses visitantes.

É só configurar sua lista de remarketing para atingir ao público < visitantes de uma página que não acessaram outra página> e coloque o URL do carrinho de compras.

Faça um upsell ou venda cruzada

Basta criar uma lista de remarketing de clientes convertidos. Esse número de clientes será menor do que o número de sua lista convencional, mas pelo menos eles já terão mais familiaridade com os seus produtos.

Um exemplo disso seria José possui uma loja de eletrônicos e quer atingir a um público que gosta de hd externos. Ele sabe que os seus clientes costumam ter interesse por outros produtos da loja, então ele cria uma lista de remarketing para esse público segmentando-os.

Conclusão

Uma lista de remarketing bem-feita pode trazer grandes fechamentos em venda. Ela é responsável por grande parte das conversões, uma vez que o cliente verá o seu produto ou serviço nos sites parceiros do Google onde ele for.

Fazer o remarketing correto, com as configurações exatas te ajuda na hora de converter em vendas e diminuir o fato de que alguns clientes abandonam o carrinho de compras pela metade.

Além de tudo isso ainda há a possibilidade de um upsell que é uma tática de vendas muito utilizada nos dias de hoje e muito válida.

Junte todas as dicas que você teve nesse artigo e faça sua lista bombar atingindo a públicos diversos e principalmente aqueles que já compraram de você antes.

Configure sua lista corretamente e mãos à obra!